domingo, 11 de outubro de 2015

Nú Pogodí e nos comerciais soviéticos e o Plano Quinquenal



"Nu Pogodí!", desenho animado russo, foi utilizado em propagandas sociais no período de 1986 e 1987.



Descrição: 
Aventura dos  famosos herois de "Nu Pogodi!" (tradução: "espera só pra ver", ou, ainda: "espera, que te pego". Numa série de 14 comerciais, incluindo o do presente post,  de cunho educativo, a famosa dupla formada pelo Lobo e pelo Coelho, alegre e musicalmente exortam os soviéticos  a economizarem água, energia elétrica, gás, enfim, a cuidarem do mundo em que viviam. No presente vídeo o tema é o não desperdício de água, necessidade ainda atual nos nossos dias.


O interessante é que estes comerciais não eram passados na TV, mas nos cinemas, antes do início dos filmes, junto com o jornal "Fitil'"(O Pavio).




Tradução: 

"Poupe água. 
Confira! As torneiras de seu apartamento estão fechadas?".

Ficha técnica:
 Título do episódio: A Banheira
Equipe responsável pela execução do comercial: Klara Rumyanova, A.Palanov, G.Khazanov, V.Soshal'ski, I.Khristenko. Direção: Yuri Butyrin, a. Fedulov, V.Medjibovski.
Lançamento: Soyuzmultifilm

Pesquisando o Plano Quinquenal para  o período de 1986-1990, percebi claramente que este comercial tem tudo a ver com a planificação, já que detectei, no Cap. XI , que uma das metas do citado quinquênio era:
 a "proteção ao meio ambiente e aproveitamento racional dos recursos naturais", trazendo, textualmente: "Tornar mais eficazes as medidas de proteção à Natureza. (...)"Melhorar, consequentemente, a proteção dos recursos hídricos do país".

Mais adiante, o Plano é mais claro ainda: 
"Ampliar as formas e os métodos de participação neste trabalho das entidades sociais e da população". Cultivar nos soviéticos o sentimento de alta responsabilidade pela conservação e multiplicação dos bens da Natureza e pelo seu aproveitamento parcimonioso".

Logo, Nu Pogodi fez parte desta campanha de conscientização popular: uma campanha inteligente, usando personagens super populares no país e passando a mensagem de uma maneira alegre e descontraída.

  Fontes:
- http://smotret-nu-pogodi.ru/
- Principais direcções do desenvolvimento econômico e social da URSS para 1986-1990 e para o período até o ano 2000. (Edições Novosti)
 

Um comentário:

João Santana disse...

Um dos primeiros resultados da Glasnost foi revelar os altos níveis de desperdício na União, principalmente nas fábricas que faziam uso de recursos naturais. Muito disso resultado das políticas econômicas fracassadas de Brejnev, que levaram a União à estagnação, deixando para trás, muito atrás, a idade dourada dos anos 60-70 da vida soviética. Pena que a Glasnost não pôde ser totalmente levada à cabo; fossem alguns dirigentes menos propensos a manter o status quo e obedecessem ao 28º Cogresso do PCUS, seu Politburo resultante e ao Secretariado-Geral, ainda teríamos a União e não uma Rússia tentando ser um simulacro dela.

GOSTOU DO BLOG? LINK ME

www.russiashow.blogspot.coms