domingo, 3 de julho de 2016

Da obra de Sirguiey Aksákov: A florzinha escarlate


Este conto, muito popular na Rússia, adaptado para o cinema pela SoyuzMultifil'm, é da obra do escritor russo Sirsuiey Timofeievich Aksákov, surgindo como uma das muitas variantes do tema de "A bela e a fera". O conto foi publicado, pela primeira vez, em 1858.

 Aksákov

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Dicionário de Parônimos da Língua Russa

O post de hoje vai para os que se dedicam ao estudo da língua russa: um Dicionário de Parônimos, ou seja, palavras que apresentam significados diferentes, apesar se possuírem grafia e/ou pronúncia semelhantes. E os danados dos parônimos costumam nos confundir, e muito. É preciso ter cuidado para não empregar "gato por lebre", muitas vezes resultando em bobagens que nos fazem passar vergonha.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

A verdade sobre a tragédia dos Románov (de Marc Ferro)




(Clique nas imagens, para visualizá-las em tamanho maior)

Todo mundo conhece a "história" da família do último tzar russo, da família Románov, mas será que o que todos conhecemos realmente aconteceu ou aconteceu realmente da forma como sabemos? Ou será que manipularam a história, na defesa de interesses de um dos lados nela envolvidos? A maioria dos historiadores apresenta a história tal como todos nós conhecemos: a família imperial foi assassinada pelos bolcheviques. Mataram todos, do tzar ao tzarievitch, doente de hemofilia; mas tem um historiador francês, Marc Ferro, muito conceituado, um dos principais historiadores da atualidade, que contesta a conhecida versão e apresenta documentos e argumentos provando que a coisa aconteceu de outra forma. 

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Propaganda Social na URSS Stalinista

 (Tradução do cartaz: "O que se pode comprar para as crianças ao preço de 1 litro de vodka")
Hoje retomo as postagens no blog, depois de uma longa pausa. Reinicio as atividades com mais uma série de propagandas veiculadas na extinta URSS, mais especificamente com as propagandas sociais do período stalinista.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Um pouco de história: A URSS e a questão japonesa, por Nikita Kruchtchev


Nosso post de hoje foi extraído das memórias de Nikita Khruchtchev, do capítulo em que fala sobre a diplomacia soviética subsequente ao término da II Guerra, principalmente das questões com o Japão. Suas memórias estão repletas de revelações deste período, mas escolhi justamente o trecho em que fala sobre a questão japonesa; sobre as ilhas Sakhalin;sobre as relações soviéticas com os EUA de Truman e muitos outros temas importantes. 
 

sábado, 7 de novembro de 2015

Sobrenomes russos e soviéticos



Continuando com a série "Nomes Russos", hoje vai um post para a questão dos sobrenomes russos. Nem todos os sobrenomes que julgamos serem russos o são. Alguns pertencem até a cidadãos nascidos na Rússia, mas sua origem é outra, comumente, algum dos países que pertenceram ao império russo ou à URSS. Não podemos perder de vista esta característica russa: devido ao expansionismo tanto do império tzarista , quanto do soviético, ela se tornou um cadinho de nacionalidades e etnias. A miscigenação foi muito grande, com casamentos entre pessoas das várias nacionalidades, o que faz com que algumas pessoas consideradas russas tenham sobrenomes típicos, por exemplo, da Ucrânia ou outra república. O mesmo é válido para todas as outras repúblicas que integraram o império.

Semelhantes?

Nas minhas andanças diárias pela Rússia, através de sites e blogs lá produzidos, achei esta foto, bastante interessante, no site http://forum.searchengines.ru/. A semelhança entre Nikolai Romanov e Dmitri Medvedev é impressionante. Reparem direitinho, sobretudo na segunda seqüência.  Para mim, a única diferença está na ausencia do bigode no Medvedev. E para você?

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

O grande Cáucaso russo

O Cáucaso é uma região do leste europeu situada entre o mar Negro e o mar Cáspio, sendo uma fronteira entre Europa e Ásia.Nele fica a cordilheira de mesmo nome, de 1200 km. Os países que odividem são a Rússia, Geórgia, Armênia, Azerbaijão. Diferentes etnias, pertencentes à repúblicas independentes da Rússia e da antiga URSS, lá estão também, como é o caso da Tchtchenia.  Diferentes etnias - diferentes religiões...Tudo isto faz com que esta região seja, ao longo dos anos,palco de batalha entre os povos locais, só tendo tido paz durante a  curta vigência da URSS.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Plekhanov, o fundador do marxismo russo

 
George Valentinovitch Plekhanov, considerado o fundador do marxismo russo e, ainda, tido por muitos como seu líder exponencial, nasceu em 11 de dezembro de 1856 (acima, selo comemorativo do centenário de seu nascimento, comemorado na URSS pelo governo de Nikita Kruschev).

Sua cidade natal é Gudalovka (província de Tambov), posteriormente rebatizada de Plekhanov, situada no sudeste russo.
Ainda estudante, Plekhanov foi atraído pelo populismo e passou a integrar uma organização clandestina "Terra e Liberdade", da qual se tornou, em 1879, dissidente, fundando seu próprio grupo - o "Redistribuição Negra".

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Sagrada gula:receita de pelmeni, delicioso prato russo

Este é um tradicional petisco siberiano. Na linguagem dos habitantes komis dos Montes Urais, a palavra "pel'meni" significa "orelha de pão", em virtude de seu formato semelhante ao de uma orelha. São preparados à base de carne e massa. Se tornou um prato não apenas siberiano, mas tradicional russo. E vixe, como é gostoso!

São feitos em grande quantidade e colocados para congelar. Claro que na Sibéria e em muitas regiões mais geladas da Rússia, o frio permite o congelamento natural. Os siberianos levam os pel'menis consigo para pescarias, caças ou simplesmente nas longas estradas locais, uma vez que depois de congelados, basta colocar na água fervente e eles já estão prontos para serem saboreados.

GOSTOU DO BLOG? LINK ME

www.russiashow.blogspot.coms