terça-feira, 5 de julho de 2011

UMA HISTORINHA INFANTIL DOS TEMPOS SOVIÉTICOS: SNEGUIR (SERGUEY ALEKSEEV)

Esta história infantil, dos tempos da União Soviética, mostra uma das facetas do culto à personalidade naqueles tempos, que não ficou restrito à figura de Stalin: a figura de Lenin era cultuada pelos dirigentes e, de certa forma, para o poder, tomou o lugar do Deus ausente.(isto, na verdade, ocorreu na era de Stalin e não enquanto Lenin erva vivo).Aqui, ele personifica a bondade, a sabedoria, a humildade. Esta historinha é uma das muitas constantes dos livros que os pequeninos de então liam. Não que lessem só coisas do gênero, é óbvio: os russos sempre cultivaram o hábito da leitura e sua rica literatura abrange todas as faixas etárias. O que me leva a compartilhar com os amigos do blog esta historieta é fornecer, assim, um pouco mais de como era a vida no país dos sovietes.
(uma confissão: eu, particularmente, curto muito tais histórinhas!)

Tradução: Milu Duarte
Em Gorki (1), passeando pelo parque, Vladimir Ilich(*) frequentemente se encaminhava a um mesmo lugar. Um grande abeto cresceu aí, um vidoeiro, bem junto a um canteiro de bétulas.
Chega Vladimir Ilich, para, ergue a cabeça para o alto.Fica assim muito, muito tempo.Olha tudo.
O que é aquilo ali?
Sneguiri(2).
É inverno. Os caminhos começam a se cobrir de neve. Os abetos erguem-se em casacos de neve. Diversos pássaros voam em várias direções. Restaram no parque apenas alguns "sneguiri".Para o inverno eles estão até alegres.
Vladimir Ilich observa os bonitos e agradáveis pássaros. E ainda mais um dos rosados. E voou um terceiro, com peito vermelho, como a bandeira.

Vladimir Ilich o notou. O sneguir era inteligente e percebeu que justamente ele agradou a Lenin mais do que os outros.
O pássaros se acostumaram com a aproximação de Lenin. Sabiam que ele trazia miolo de pão para eles, além do mais saboroso -de um punhado se semente de cânhamo.
É de manhã. O sol ainda nasce. E nesta hora já chegam os sneguiri.
Em geral os sneguiri são irriquietos, mas, no entanto, estes se fixaram no parque. Aguardam, quando surge Lenin. Ele olha com enlevo o passarinho de peito vermelho, como a bandeira. Este gracioso sneguir senta-se em um galho, endireita o peitinho, ergue a acabecinha e, de forma engraçada, diz: Vladimir Ilich, é verdade que eu sou o mais bonito?
- Verdade, _ respondeu Lenin.
O sneguir saltava de contente: poof-puf, poof, puf, de um galho ao outro, das bétulas ao abeto, do abeto ao vidoeiro. Ora alça voo, ora pousando novamente. Revoa junto a Lenin, acima de sua cabeça, se lança na neve e de novo corre para o galho. Entorta a cabecinha, olha Lenin do galho:"Olha como eu sou! É verdade, eu sou o mais veloz?

Um dia, porém, passeando pelo parque, Vladimir Ilich não encontrou no lugar de sempre o alegre "sneguir".
Foi Ilich por outros caminhos, voltou - e novamente nada dj "sneguir". Lenin começou a se preoocupar.
_ O que será que aconteceu?
Aconteceu que o "sneguir"caiu em uma armadilha. Foi pego ele por um garoto Egorka Issaev(3). Egorka o pegou, colocou-o em uma gaiola e o levou para a izbá(4). O "sneguir" sofre no cativeiro.
Vladimir Ilich não o encontrou em parte alguma mas, então, encontrou Egorka, que voltou ao parque novamente e novamente armou uma armadilha.
Espiando Egorka, que portava uma enorme yshanka (5)do pai e uma enorme valenka (6) do avô, disse:
_ Você não viu aqui um "sneguir" com o peitinho vermelho?
_ "Vi" _ quis dizer Egorka. Porém, pensou rápidamente " e se Lenin preguntar "então, cadê o sneguir"?
_ Não, não vi _ disse Egorka.
_ Sem dúvida, o "sneguir" congelou! _ preocupou-se Lenin.
"Não, ele já está em local quentinho", _ quis dizer Egorka, porém se calou.O menino baixou os olhos. Ficou claro para Egorka que Lenin estava muito abalado.
_ Ele congelou, congelou, - se aflige Lenin. _ Ou um gato o pegou.
Egorka não se conteve:
_Não, _sacudiu a cabeça, _Não! Ele está vivo. Ele vai voltar.
_ Vai voltar?!
_ Vai voltar, vai voltar! _ gritou Egorka.
Chegou no dia seguinte Vladimir Ilich junto às bétulas. Olhou em volta. Avistou Egorka. Pousado no vidoeiro estava o "sneguir". Sob as bétulas, de pé, estava Egorka. Vladimir Ilich olhou o "sneguir", olhou o menino e deu um grande sorriso.
_Olá, _ falou para Egorka.
_Olá,_ falou ao "sneguir". _ Onde é que você estava?
O "sneguir" abriu seu pequeno bico e da bétula olhou para Egorka. Egorka gelou por dentro. Entregará a ele o "sneguir"e contará tudo a Vladimir Ilich.
O "sneguir", todavia, ficou em silêncio. Ele compreendeu que Egorka não é um menino malvado como ele pensava. Porque inutilmente entregar Egorka?
Notas:
1 - Seneguir é um passarinho pequeno, de peito vermelho, típico das regiões temperadas da Europa. Não existe uma tradução exata para o português do Brasil. Nome científico: Pyrrhula pyrrhula.Canta e tem a barriga vermelha.

(*) nome e patronímico de Lenin
(1)Aldeia situada a 35 km a sul de Moscou, usada desde 1918 por Lenin, para seu repouso. Após sua morte, passou a se chamar Colinas de Lenin e hoje se chama Colina dos Pardais, onde se situa a MGU-Universidade Estatal de Moscou.
(2) Plural de sneguir. Em russo,como regra geral, plural de nomes masculinos se forma com i no final.
(3) Egorka é diminutivo de Egor.
(4) Casa de lavradores. (5)Chapéu típico russo, como protetores de orelha. Existe,no blog, um post a respeito das ushankas.
(6) Botas especiais de feutro para o frio, também matéria de post neste blog.

4 comentários:

LHÚ WEISS disse...

Nossa! não sei o que dizer! viajei na história e nos personagens, até congelei! rsrs
Me fez lembrar dos livros que minha irmã tinha quando criança!
Essa é uma daquelas histórias que se esquece o que está à sua volta e não se esquece jamais!
Obrigada por compartilhar!
Será que se eu ficar com um punhado de semente de cânhamo, algum sneguir virá? Talvez aqui onde estou, não. Mas se eu imaginar que os que estão à minha volta são uns sneguiri, então acho que sou eu quem fará poof-puf, pof, puf...
Abraços
Lhú Weiss

Marino Abreu disse...

Como faço para ler o original?

Milu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Milu disse...

Oi,Marino, aí vai o original para você;http://www.docme.ru/doc/47172/alekseev-sergej---snegir._--1973--pdf--rus-

GOSTOU DO BLOG? LINK ME

www.russiashow.blogspot.coms