domingo, 30 de janeiro de 2011

ROUPAS E TRAJES DAS FESTAS POPULARES RUSSAS



Como já postamos anteriormente, a Rússia é rica em festas tradicionais, existentes desde os tempos da antiga Rus'. Festas para se despedir do inverno, dar boas vindas à primavera, início de trabalhos no campo ou, simplesmente, festejar o final de uma jornada de trabalho rural. Desde sempre tais festas foram alegres, cheias de canto, música, poesia, jogos e danças.

Antigamente, a cada entardecer ou a cada noite, pessoas de todas as idades se reuniam na izbá de alguém e cantavam e bailavam. O repertório de músicas ( inclusive as infantis) e danças era muito rico e diversificado. Para todas as épocas do ano e para cada festa do calendário, havia as músicas, as danças, os jogos e entretenimentos próprios, tudo muito divertido. Às vezes as brincadeiras eram improvisadas na hora, principalmente as cantigas. Mas o que mais diferenciava os dias festivos dos dias comuns eram os trajes típicos.

Às vésperas das festas populares, eram abertos pesados baús que, quanto mais cheios, mais ricos eram considerados os donos da casa.

Todos os trajes festivos eram, obrigatoriamente, enfeitados por bordados, miçangas, fitas, coisas que não eram usadas nas roupas do cotidiano.Hoje tais trajes são utilizados como roupas folclóricas.

As roupas, enfim, variavam por região da Rússia e por estado civil, no caso das mulheres: se diferiam para solteiras e mulheres casadas. Entre as solteiras, também, havia distinção: as matronas usavam roupas diferenciadas.  Mas eram os ornamentos da cabeça que mais claramente indicavam a condição civil das mulheres. Kokoshniki, lenços, "venki"(coroa de flores) eram para as virgens e castas donzelas de antes do casamento.

Para as mulheres casadas, o uso indicava as korunas, soroka,e kitchka (ver foto abaixo)








































 O traje básico masculino normalmente era composto por uma camisa ou blusa larga, com uma faixa na cintura e enfeitada na orla, no colarinho, com zíper na parte lateral , que era complementado por calças largas enfiadas nas botas. As camisas eram bordadas com fios de seda coloridos O vermelho era a cor mais usada: cor do fogo, do sol, da magia...Se considerava, também, o vermelho, como a cor que espantava os maus espíritos, a cor da proteção.










































As camisas eram, também, usadas por mulheres, junto com saias - yúbica".

















Camisa masculina


Os cintos tinham várias funções:eram indicadores do nível de prosperidade da pessoa ou do recebimento de um prêmio, bem como de uma condecoração e coisas do tipo.


















Especial atenção era dada à disposição dos enfeites, como, por exemplo, os adereços no peitilho, que deviam protejer o coração eos pulmões.





























As mulheres usam, também, lindas mantas, que não só enfeitam,mas servem para aquecer:







 Ou xales bastante ornamentados(napletchny, ou, literalmente, "sobre os ombros"):


















Na cabeça, lindos ornamentos:




Toucas (chapotchka):







Esta, a seguir, denominada "soróka":

















 

















"Kokoshniki:



Koruna:























Nas regiões centrais da Rússia as mulheres usam o "sarafan" - vestido longo com avental, que eu adoraria fosse moda por aqui para poder usar, de tão lindo que acho:




 

































Vestida num sarafan, normalmente a mulher lembrava um cisne e é por isso que, em muitas canções populares e em contos, as tratam por "lebedushki"(cisne em russo "lebed').

Povyazka:






















Meias:














"Podtchelki":ornamento que complementava o traje, enfeitando o colo, ao redor do pescoço.





 















Abaixo, enfeite para a cabeça de matronas:














 Finalizo afirmando que, muito melhor do que "viajar" pelas imagens das roupas típicas de festas populares russas é participar de uma delas. A alegria e simpatia do povo russo, complementam a alegria da festa, imperdível de verdade. E não é só na Rússia: os países eslavos possuem tradições, se não idênticas, bem semelhantes, pelo menos à primeira vista. Na Bulgária, onde participei de alguns eventos, vi que a beleza e alegria da festa é a mesma da Rússia, explicando um dos fatores que me liga tanto ao mundo eslavo: sua rica cultura e tradição.

bibliografia:
http://www.istmira.com
http://festival.1september.ru/

Um comentário:

Dan disse...

Oi Milu,

Bastante legal essa postagwem.

Abraços

GOSTOU DO BLOG? LINK ME